Páginas

31 janeiro 2012

A Má Fortuna da Formiga Talita

Na sombra de uma vala
Mora formiga rasteira,
Trabalha toda a semana,
Todo dia,
Farta canseira...

E quando à noite chega em casa,
Seu marido descansado
Descobre, inda não fez nada.

"Está assim, bonito, não é, Rogério?
Tua árdua vida ajudas não permite
E, verdade seja dita, a cozedura
Do ovo, ainda que fácil,
Se apresenta a teus olhos
Grande mistério.
Louvada seja Senhora da Aparecida,
À infame fome aqui não dê guarida
E na mesa, pouca ou muita,
Se apresente uma comida,
Que eu de ti mais não espero
Senão causa perdida..."

O Rogério, mal disposto,
A nenhum ai se digna,
Controle da TV na mão,
Muda, liga e desliga,
Pés na mesa de centro,
Cigarro na direita, chope
Na mão esquerda...

"Ah, não falas? Boa vida a tua!
É um regalo o desemprego.
À sombra ganhar dinheiro,
Homi, não tem quem não queira,
E de se ver livre de patrão
Também não há quem não
Tenha vontade.
Mas, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Nessa tua vida de ócio, minha curiosidade,
Teu mesquinho ser acaso vê bom auspício?

O Rogério,
Homem de poucas falas,
Não contente com o transtorno,
Se toma de dores e fúrias
E agindo ao descontrole,
Batendo de um lado a outro da sala...

Punho fechado, soco,
Tanto lhe bate, quase a acaba...
Não fosse a barata Maurícia,
Cascuda vizinha da frente,
A pobre Talita, de má fortuna,
Seria finada.

"Ah, homi safado, 
Mau uso fazes da força;
Ao invés de a usares no trabalho,
A usas em casa.
Ah, fosse eu tua esposa,
A cabeça te abria no meio
À força da enxada.
Toma vergonha!"

O Rogério se cala,
Se fecha,
E não apenas dentro de casa,
Dentro de si mesmo,
Tecendo pensares
Em penosa teia,
Dizem uns mais benevolentes,
"Sofre de males de arrependimento".

"Coitado! No fundo não é má pessoa,
Tem esses achaques,
Culpa dos nervos, é doente".

E a pobre Talita, da vida curvada,
Só Deus sabe como aguenta,
Dez filhos precisando sustento,
Todo dia levando patada
E a polícia, oh, desespero!,
Nem aí pra nada...

No fundo, diz ela,
Maria da Penha é uma treta.



4 comentários:

  1. Conhecendo o bom
    enredo do Blog;
    Aprecio!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom. Belo blog,boa postagem, parabéns.
    Que Deus continue te usando e te abençoando
    cada vez mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Salviano. Tomara me abençoe. Um abraço.

      Excluir

"Seja bem vindo quem vier por bem."