Páginas

05 dezembro 2013

Poemeu pra fim de papo

Às vezes, as coisas sabem-me só e se animam
Recuo, coloco os fones nos ouvidos
"Antes sozinho, antes sozinho", repito

Conversa de geladeira é fria
De microondas, hot
Dos talheres o papo é sujo, do sofá, desinibido

Vade retro, particípio
Amado, hoje esse é meu princípio


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Seja bem vindo quem vier por bem."